segunda-feira, novembro 10, 2014

Plataforma interior para Serie 88 e Defender 90 - 2ª parte

Após este primeiro passo, temos a plataforma elevada, a um nível tangente à divisória, desdobrando o segmento preso por uma dobradiça para diante, o qual vai passar sobre os assentos e ocupar o espaço que vai até ao tablier, onde terão que ser instalados pontos de sustentação ou de apoio.

Seguidamente, gira-se a parte que se encontra sobre a placa principal, de modo a ocupar o espaço que fica sobre a cava da roda direita, para o qual tem, obviamente, que existir um conjunto de apoios que podem ser, simplesmente, uma caixa feita à medida e que, noutras circunstâncias, sirva para arrumação.

Na parte dianteira da plataforma, que foi rebatida, existirá uma calha de deslizamento, que permita deslizar o conjunto para a direita até ficar devidamente alinhado com a plataforma posterior, depois de extendida a área lateral, após o que se gira a extensão da zona dianteira para a esquerda, ficando assim a plataforma completamente montada e ocupando a toda área interior a partir da extremidade esquerda da caixa de carga e limite interior direito.

Optamos por este sistema de dobragem que implica deslizar o conjunto dianteiro sobre uma calhar de modo a que as peças encaixem no mínimo volume, mas, caso se opte por um sistema em que existam extensões do lado direito e esquerdo, o que implica corte na zona do volante, as calhas e sistema de deslizamento são dispensáveis, sendo que, naturalmente, o volume total aumenta.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin