terça-feira, janeiro 17, 2017

Antenas 4G e 3G - 4ª parte

Infelizmente, testar muitas destas soluções antes da compra é virtualmente impossível, por serem provenientes da Ásia e a informação que se encontra na Internet ser dificil de filtrar, não apenas pela multiplicidade de modelos, mas também porque modelos idênticos são fabricados em diversos locais e possuem qualidade distinta, não obstante terem uma designação ou mesmo marca comuns.

Mesmo assim, o investimento num dos modelos mais comuns, que pode rondar a dúzia de Euros, representa um risco pequeno face às vantagens oferecidas, sobretudo quando se consiga encontrar uma crítica independente que ateste o desempenho do produto, para o que é necessário distinguí-la dos textos algo confusos e muito elogiosos que alguns vendedores menos escrupulosos publicam como forma de valorizar os produtos que vendem.

Sugerimos, portanto, um modelo multidireccional, com duas ligações TS9, caso sejam compatíveis com as do "hotspot", com base plana ou outro sistema de retenção que não implique acessórios, leve e de pequenas dimensões, com um custo módico, compatível com as redes 3G e 4G, o qual deve responder de forma positiva na maioria das situações.

Para aqueles que tenham sinal 4G e 3G fraco, esta é uma solução que sugerimos, independentemente do modelo exacto a selecionar, e que pode revelar-se especialmente útil sobretudo em deslocações a locais mais remotos, onde o sinal é mais fraco, sobretudo nos casos em que a Internet seja utilizada de forma profissional, alertando para o facto de que não tem influência nas ligações internas via "WiFi".
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin