segunda-feira, fevereiro 13, 2017

Os "dongles" "bluetooth" USB - 2ª parte

É espectável um alcance de 20 metros, dependendo das circunstâncias exactas, com degradação caso existam obstáculos ou interferências electro magnéticas, e uma velocidade de transferência de até 3 Mbps, coexistência com WLAN e, naturalmente "plug and play" e transferências "dual mode".

No entanto, apesar de muitos destes equipamentos serem anunciados nas mais diversas versões de "bluetooth" e oferecendo compatibilidade com várias plataformas, o facto é que nem todos funcionaram nos computadores com Windows 10, nalguns casos nem sequer sendo reconhecidos, noutros não transferindo ficheiros ou estabelecendo a necessária conexão.

Os modelos designados como V 4.0, que são apenas marginalmente mais dispendiosos do que os mais baratos, e estamos a falar na ordem das dezenas de cêntimos, foram aqueles que se revelaram com maior compatibilidade, embora não absoluta, recorrendo unicamente aos recursos do sistema operativo, já que consideramos que não deve ser instalado qualquer "software" adicional, sobretudo se não certificado, para obter funções básicas implementadas de origem.

Em contrapartida, alguns modelos que podem ser adquiridos por perto de 1 libra, pouco mais de 1 Euro, sendo compatíveis com alguns sistemas operativos mais antigos, e mantendo-se funcionais quando estes são actualizados para um mais recente tendo o "dongle" instalado, não funcionam quando adicionados a um sistema operativo recente, como o Windows 10, desde que instalado de raiz, sendo que, em muitos casos, sendo fisicamente reconhecido, não tem uma funcionalidade efectiva.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin