domingo, abril 23, 2017

"Creators Update" não mantém definições de privacidade

Não obstante as óbvias vantagens resultantes da instalação da "Creators Update", em termos de funcionalidades e do desempenho do sistema, existem alguns problemas que é necessário resolver, nomeadamente a reposição de um conjunto de configurações, incluindo a nível de privacidade, que não são transpostas da edição anterior.

Assim, são diversas as opções do utilizador que se perdem sem qualquer aviso e que será de repor com a brevidade possível, visitando o painel de controle, já que no processo de actualização o conjunto de opções é muito reduzido e não abrange a totalidade das modificações, ficando de parte novas implementações que não migram da versão anterior e que a Microsoft gere de acordo com os seus interesses.

Caso não sejam modificadas as opções, o volume de informação exposto e enviado para os servidores da Microsoft, alegadamente destinados a melhorar o produto e a experiência do utilizador, aumenta substancialmente, colocando em causa a privacidade e podendo revelar-se algo intrusiva, na medida em que existe armazenamento e análise de dados tão pessoais como acessos ou navegação, que deveriam ficar inteiramente na esfera privada.

Noutra vertente, também algumas aplicações, ou a interacção entre elas, é alterada, nem sempre no sentido positivo, surgindo situações onde a instalação de programas adicionais, como controladores de dispositivos de distintas proveniências, podem ter um impacto negativo não apenas no desempenho, mas na estabilidade de outras aplicações, o que pode implicar a respectiva remoção, algo que deve, igualmente, ser feito assim que algum problema seja detectado.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin