sábado, abril 22, 2017

Remover completamente programas com o "Absolute Uninstaller" - 2ª parte

Para remover completamente uma aplicação basta selecioná-la e confirmar, após o que o "Absolute Uninstaller" procede à sua eliminação completa, incluindo atalhos, ficheiros temporários e mesmo definições, num processo rápido e automatizado destinado a não deixar quaisquer vestígios, algo que pode ou não ser do interesse do utilizador.

É de notar que este processo de remoção elimina ficheiros de configuração pessoais, pelo que, se a ideia é reinstalar o programa a desinstalar novamente, as opções e dados do utilizador já não estarão presentes, obrigando a repetir o trabalho de uma instalação de origem.

Estão ainda disponíveis opções de modificação de programas, "backup" das entradas no "registry", bem como detalhes ou informações, destinadas a utilizadores mais experientes e que, ao invés de desinstalar, pretendem uma reconfiguração ou a preservação de um conjunto de dados de sistema.

Para todos quantos necessitam de um utilitário capaz de eliminar programas não utilizados e que o sistema operativo não tenha removido por completo, este "Absolute Uninstaller" é uma solução que recomendamos, pela sua eficácia e por, sendo gratuito, não instalar outro "software", nem se encontrar repleto de incómodos anúncios, como acontece com tantas outras opções.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin