segunda-feira, outubro 03, 2011

Verão em Outubro faz regressar os incêndios - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um incêndio florestal em Portugal

O regresso do tempo quente, após um Verão atípico, onde as baixas temperaturas evitaram que as áreas ardidas se aproximassem da média dos últimos anos, trouxe consigo uma nova vaga de incêndios florestais numa altura em que o dispositivo já não se encontra na sua máxima força.

Um incêndio em Santiago de Litém, no concelho de Pombal, mobilizou 125 bombeiros e 11 elementos do Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro da Guarda Nacional Republicana, apoiados por 34 viaturas e dois helicópteros, que conseguiram evitar que as chamas chegasse às casas.

Em Carrazeda de Ansiães, concelho de Bragança, 40 bombeiros da corporação local, apoiados por dez viaturas, combateram um incêndio que consumiu mato numa zona de dificil acesso, sendo este mais um dos oito incêndios activos registados Sábado ao fim da tarde pela Autoridade Nacional da Protecção Civil (ANPC).

No entanto, a ANPC registou quase duas centenas e meia de ocorrências, que mobilizaram mais de 3.723 de bombeiros apoiados por um milhar de viaturas e diversos meios aéreos, um esforço considerável para esta altura do ano e para os meios disponíveis, comparável aos de um dia de Agosto.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin