quinta-feira, dezembro 29, 2011

Sapadores de Lisboa fazem 10 dias de greve - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Bombeiros sapadores de Lisboa

Os bombeiros do Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB) de Lisboa entraram em greve, que se prevê prolongar por dez dias, contra a introdução de um quinto turno, do que resulta a diminuição dos efectivos disponíveis e uma menor capacidade de resposta por parte do RSB.

Esta greve não abrange o socorro no caso de incêndios ou acidentes, mas afecta situações como o corte de água em rupturas, arrombamento de portas e outras missões das quais não depende a segurança das populações residentes na Capital.

A redistribuição do mesmo efectivo por um maior número de turnos implica a redução do número de bombeiros disponível em cada turno, modificações organizativas e a nível de escalas, algo contra o que os sapadores se insurgem.

A decisão por parte do executivo autárquico insere-se, manifestamente, no plano de redução de custos, optando-se por um sector crítico, onde já se verificaram diversas reestruturações que incluiram racionalização de meios, mas onde novos cortes pode ter consequências gravosas, compromentendo o exito das próprias missões.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin