sábado, março 23, 2013

Em teste, o "Mobile Device Manager" - 5ª parte

Image Hosted by Google Um mapa com a localização e erro de perto de 10 metros

Outro aspecto a ter em conta é o posicionamento do equipamento, de forma a que possa receber o sinal dos satélites de GPS, bem como da rede móvel na sua vertente de transmissão de dados, o que pode implicar colocá-lo sobre o "tablier", ou seja, num local bem visível e exposto.

Naturalmente que poucos serão aqueles que associam um telemóvel a um sistema de seguimento, mas tal pode, obviamente ocorrer, sendo ainda possível que se verifique um furto, dada a exposição do equipamento, o que torna esta solução particularmente vulnerável em termos de segurança.

Em contrapartida, como forma de contribuir para uma localização mais rápida e precisa em situações tão simples como uma caminhada num local montanhoso, um passeio fora de estrada ou outro cenário onde possa ser necessário um socorro rápido, mesmo com as contingências inerentes à necessidade da existência de uma rede de dados, esta é uma solução interessante.

Assim, aconselhamos os nossos leitores a testar por sí próprios esta plataforma, e mesmo a activá-la, pois caso um dia seja necessário, todo o processo de localização pode ser francamente simplificado, o que, em caso de emergência, pode ser decisivo.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin