sábado, outubro 31, 2015

Os corredores "BUS" no acesso a rotundas

Mesmo admitindo que possa ter vantagens face ao disposto anteriormente, as novas regras de circulação em rotundas não parecem diminuir o número de acidentes, tendo sido frequente visualizar entre as viaturas acidentadas táxis ou outros transportes públicos, num cenário que parece repetir-se.

O exemplo que ilustra este texto, um acidente que ocorreu na Pr. do Areeiro a 15 de Outubro, pela hora do almoço, é um dos mais frequentes, resultando da combinação das regras actuais com a existência de corredores para transportes públicos até ao acesso à rotundo, do que resulta que estes, tendencialmente, acabam por percorrer toda a rotunda pela faixa exterior, saindo, muitas vezes, directamente para outro corredor "BUS".

Com os veículos que podem usar corredores para transportes públicos a circular quase sempre pela faixa exterior da rotunda, independentemente da via de saída, a intercepção com outros veículos, que cumprindo as regras circulam pelo interior, é comum, com os acidentes a acontecer com frequência na altura em que estes, para sairem da rotunda, começam a desviar-se para o exterior.

Dado que regras diferenciadas num mesmo espaço tende a provocar acidentes, a menos que as regras sejam revistas, o facto de os corredores para transportes públicos não terminarem antes das rotundas, o que pode resultar nalguma perda de eficácia, dificilmente deixarão de se verificar acidentes, mais frequentes quando as circunstâncias mais os propiciam, como uma elevada intensidade de trânsito, condições atmosféricas adversas ou falta de visibilidade.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin