sábado, janeiro 07, 2017

Military 1st baixa tarifas internacionais

A Military 1st baixou as suas tarifas para a Europa Ocidental, válido para o envio ilimitado de artigos, o que permite aquisições a um preço total particularmente competitivo, sobretudo quando comparado com os habitualmente praticados entre nós, onde a elevada fiscalidade e pequena dimensão prejudicam seriamente as empresas nacionais.

Num texto anterior, que relembramos, incluímos ligações para o "site" e para o catálogo, que se justifica consultar, mesmo que de forma rápida, de modo a ter uma ideia das linhas de produtos incluídas e mesmo de alguns preços, algo que se revela sempre útil quando se equaciona uma aquisição, permitindo aferir melhor o interesse da transação, comparando preços e disponibilidades.

Este fornecedor baseado no Reino Unido, e portanto em vias de deixar de estar inserido em território da União Europeia, optou por melhorar a sua oferta, fidelizando o maior número de clientes possível antes que as barreiras alfandegárias tenham um impacto negativo nas suas vendas, algo que também afectará muitos dos seus clientes internacionais.

A saída do Reino Unido, o chamado "Brexit" terá consequências ainda imprevisíveis, apenas clarificadas no termo das negociações previstas para o corrente ano, com um impacto directo nas empresas britânicas e nos seus clientes, que em muitos sectores optam pelas condições favoráveis obtidas nesse mercado, esperando-se que muitas venham a instalar-se em território comunitário, seja directamente, seja por via de associação ou parcerias.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin