sábado, julho 14, 2018

Versão gratuita do Microsoft "Teams" - 1ª parte

A Microsoft lançou uma versão gratuita do "Teams", uma plataforma colaborativa destinada a empresas, que agora passa a estar disponível para todos, sem limitações em termos de pesquisas e de mensagens, mas com um máximo de 300 utilizadores, o que será mais do que suficiente para a esmagadora maioria das situações.

Apesar de 300.000 empresas já utilizarem o "Teams", a falta de uma versão gratuita, que excluísse a necessidade de uma subscrição do Office 365, tem posto de parte muitas pequenas empresas e profissionais liberais, que optam por outras soluções, como o "Slack", cuja proposta equivalente agora se vê ultrapassada no respeitante à oferta de espaço, pesquisas e interacções.

Apesar de as aplicações "online" da Microsoft ainda não oferecerem as funcionalidades das versões instaladas localmente, e da concorrência de outras plataformas, como a "G-Suite" do Google, este passo vem alargar o uso do "Teams" a novos utilizadores, o que irão permitir a sua expansão numa área cada vez mais competitiva, sobretudo a nível empresarial, nomeadamente quando a empresa opere a partir de locais distintos.

O "Teams" está globalmente disponível, suportando um total de 40 linguas diferentes, atribui a cada equipa até 10 Gb de espaço, com cada utilizador a poder utilizar até 2 Gb deste, oferece um número ilimitado de mensagens, pesquisas e integração com apps e permite comunicação áudio e vídeo directo entre elementos do mesmo grupo.
Enviar um comentário