terça-feira, maio 24, 2011

Alterações na suspensão do Defender - 2ª parte

Image Hosted by Imageshack
A suspensão dianteira do Defender

Por altura da substituição das molas, dado que implica remover os pneus, aproveita-se para levar o Defender à inspecção, usando um conjunto de pneus 750, homologados, em vez dos 33 x 12.5 R15, os quais, devido ao "offset" das jantes, saem ligeiramente dos contornos das abas, pelo que a homologação é complicada com esta combinação.

Concretamente, se o piso, a zona que contacta o solo, está dentro dos limites das abas, a zona abaulada sai ligeiramente, ultrapassando em perto de um centímetro os contornos da carroçaria, já que os pneus, com 33" ou 838.2 mm excedem em perto de 4% os perto de 805.9 mm dos 235/85R16, do que resulta apenas um pequeno desfasamento no velocímetro.

Na mesma altura, foram substituidos os casquilhos do eixo dianteiro, já bastante desgastados pelo peso do motor e dos próprios pneus, bem como os da barra de direcção, também algo danificados e que contribuiam para algumas vibrações indesejáveis.

As primeiras alterações sentidas foram uma muito maior rigidez, mais estabilidade em curva e maior previsibilidade, mas é evidente que a travagem piorou, como resultado de uma menor transferência de massas quando tal ocorre.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin