quinta-feira, novembro 10, 2011

O heliógrafo - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Instruções no verso de um heliógrafo

Em primeiro lugar os raios solares, atravessando o orifício do heliógrafo, deve reflectir-se na mão do utilizador, após o que, mantendo este reflexo na mão, se deve posicionar o heliógrafo de forma a ser observável o pequeno disco branco.

Este disco serve de ponto de mira, deslocando-se lentamente o heliógrafo de forma a que este círculo aponte para o receptor do sinal que pode ser, por exemplo, uma aeronave de busca e salvamento que verá um ponto luminoso.

O uso correcto deste equipamento exige alguma prática e aconselhamos a que seja experimentado na prática antes de um eventual uso numa situação real, sendo que estes pequenos heliógrafos podem ter um alcance de uma dezena de quilómetros, o que implica apontar com alguma precisão, o que em situações de maior tensão nem sempre é fácil.

Um pequeno heliógrafo custa entre os 4 e os 5 Euros, incluindo portes, e, para além de ser interessante e divertido para adultos e crianças, é um sistema de localização de emergência a ter em conta por parte de quem se aventure em locais onde a cobertura de redes de comunicações seja fraca ou inexistente.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin