segunda-feira, abril 14, 2014

Anunciado reforço de meios para o combate aos fogos em 2014 - 4ª parte

Image Hosted by Google Funeral de um bombeiro em 2013

Mais positivo, e já o sugerimos previamente, é o recorrer a outros meios que não os veículos de combate aos fogos para deslocar os bombeiros durante a rendição, mas deve ser acrescentado uma outra vertente, a nível da própria estadia, melhorando substancialmente as condições de repouso no terreno.

Aliás, a logística, sobretudo em operações de maior envergadura e que se prolongam durante dias tem sido um dos problemas mais sérios, contribuindo em muito para o elevado nível de desgaste e o cansaço excessivo de que resulta um substancial aumento do perigo e a possibilidade acrescida de acidentes.

Muitas vezes, mais do que no combate directo, é no apoio que se encontram as maiores falhas, com o impacto destas a ser sentido sobretudo com o passar das horas, com inexistência de locais de repouso, a falta de alimentação adequada ou a dificuldade em rodar o pessoal directamente envolvido no combate que surgem maiores e mais complexos problemas, muitos dos quais são raramente abordados.

Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin