terça-feira, março 06, 2018

A câmara de marcha atrás do equipamento de navegação - 3ª parte

Este cabo de alimentação revela-se demasiadamente curto para a maioria das soluções dentro de um Defender, tendo sido pensado para outros modelos de veículos, sendo necessário prolongá-lo, pelo que será de adquirir alguns metros de cabo para o seu prolongamento, e, caso a opção seja por uma união, ao invez de soldar, esta também deve estar disponível na altura da instalação.

Para além da preferência de cada proprietário, também a existência de cablagem e interruptores disponíveis pode ser relevante na tomada de uma decisão, sendo que ambas as opções mencionadas têm vantagens e desvantagens inerentes à facilidade de utilização de um sistema automático ou da selectividade presente numa solução manual, as quais são personificadas pela ligação ao farol de marcha atrás ou via interruptor.

Naturalmente, existem diversas formas de construir um suporte para este tipo de câmara que, para ser utilizada em marcha atrás, deve ser devidamente centrada, sob pena de induzir em erro o condutor quando recorra às imagens para efectuar este tipo de manobra, pelo que a opção de a colocar junto da luz de marcha atrás, junto dos faróis, na lateral, não será minimamente aconselhável.

A nossa opção foi por materias leves, uma instalação simples, que não implique modificações definitivas, e o accionamento da câmara através de um interruptor, o mesmo que anteriormente activava o farol de trabalho, removido por questões legais, sendo uma das muitas possibilidades existentes, mas que esperamos sirva de inspiração a quem efectuar um trabalho semelhante caso pretenda instalar uma solução de navegação com câmara de marcha atrás num Defender.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin