segunda-feira, outubro 04, 2010

Um dia de mau tempo - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
Inundações no início de Outubro

Um dia de mau tempo, com diversos distritos em "alerta laranja", com a Protecção Civil a registar mais de 300 ocorrências durante o período da manhã, incluindo mais de centena e meia de inundações, mais de uma centena de quedas de árvores, quase uma trintena de quedas de estruturas e sete deslizamentos de terras, são exemplo da crescente vulnerabilidade do País quando se verificam condições climáticas adversas.

Se algumas situações são algo inevitáveis, por outro lado existem cada vez mais condições para o aumento de inundações e, sobretudo, de aluimento de terras, as quais, em muitos casos, perderam a sustentação devido aos fogos, que destroem vegetação que não é reposta atempadamente, criando as condições propícias a deslizamentos.

Sem a existência de vítimas, pode-se considerar estas ocorrências como de relativamente pouca gravidade, servindo sobretudo de alerta, mas deve-se ter em atenção que houve situações onde apenas a sorte evitou consequências graves, como o desabamento que destruiu três viaturas no interior das quais não se encontrava ninguém.

No entanto, existe uma situação que reputamos de particularmente grave, concretamente a ocorrida no Hospital Amadora-Sintra, de construção recente, onde a chuva danificou a área de urgências e obrigou à intervenção do Instituto Nacional de Emergência Médica a transportar doentes para outros hospitais.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin