terça-feira, abril 19, 2011

NNN instalada no Defender - 2ª parte

Image Hosted by ImageShack
Écran de um Nanocom a programar uma centralina

Segue-se a parte da programação, tipicamente usando um Nanocom, que recorre a um conjunto de mapas com 117 Kb, existindo equipamentos que reescrevem a memória da NNN com um ficheiro de 256 Kb de extensão.

Possuindo o conteúdo a gravar, o processo é relativamente rápido e essencialmente automatizado, dado que o verdadeiro "know how" reside na elaboração ou modificação da parametrização, para o que é necessário conhecimentos do funcionamento do motor e da forma como este é gerido, bem como o empenho para dispender o tempo necessário para optimizar soluções que variam para cada viatura específica.

Aconselhamos a quem trocar uma MSB em bom estado por uma NNN a manter a centralina original, dado que o valor de venda é baixo e pode, em caso de necessidade, substituir a nova unidade, evitando assim ter que comprar precipitadamente uma nova NNN ou adquirí-la na Land Rover, onde custa muitas centenas de Euros.

Em contrapartida, uma NNN tem um valor relativamente elevado, com os preços no EBay, em termos médios, a oscilar, já com portes, entre os 300 e os 500 Euros, caso venha reprogramada, ou seja, perto de metade de uma nova, poupança essa que se pode conseguir, sem ter o veículo imobilizado, caso se tenha uma MSB para uso temporário em sua substituição.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin