domingo, setembro 10, 2006

Dois incêndios por circunscrever e enxurrada em Freixo de Espada à Cinta


Image Hosted by ImageShack
Incêndio durante o mês de Julho de 2006

Apenas dois incêndios estavam por circunscrever em todo o território continental perto das 00:00, segundo informou o Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC).

No distrito da Guarda, concelho de Pinhel, um incêndio na localidade de Bogalhal, é combatido por 31 bombeiros apoiados por 8 viaturas, consumindo mato desde as 00:22 de ontem.

Este fogo iniciou-se ao fim da tarde e consome mato, estando ainda por circunscrever.

No concelho de Mértola, distrito de Beja, em Vale Côvo, outro incêndio começou pelas 20:00 e devasta mato, estando a ser combatido por 18 bombeiros com 6 viaturas.

Uma outra situação de emergência, embora não relacionada com incêndios florestais, decorre de uma tromba de água que atingiu Freixo de Espada à Cinta, no distrito de Bragança, com pessoas isoladas pela água, um autocarro com crianças atingido por uma derrocada, viaturas submersas e agricultura destruída.


Image Hosted by ImageShack
Inundações: outra das ameaças que enfrentamos

Apesar de não haver registo de vítimas, algumas pessoas, sobretudo idosos e crianças, foram assistidas no centro de saúde, devido ao pânico ou a sintomas de hipotermia, depois de o autocarro em que seguiam ter sido atingido pela queda de um talude.

Na zona mais baixa da sede de concelho, na Fonte Seca, as inundações provocadas pela enxurrada originaram acumulação de água, que chega a atingir "três metros de altura, junto às varandas das casas", pelo que vários habitantes se encontram presos no interior de habitações que não terão condições para serem usadas.

Neste momento, o número de habitações inundadas ou o dos automóveis arrastados e submersos pelas águas, bem como os danos na agricultura onde se preparava a apanha da amêndoa e o início das vindimas, ainda não está contabilizado.

Segundo informações do Centro Distrital de Operações de Socorro de Bragança estão no concelho seis corporações de bombeiros, num total de 47 homens e 14 viaturas, mas o número de efectivos será superior dado que muitos bombeiros acorreram directamente sem passar pelos quarteis.

Para além das alterações climáticas, a falta de políticas de ordenamento não contribui apenas para a fácil propagação de incêndios florestais, mas tem impacto a nível de inúmeras outras situações de risco, como a que mencionamos, havendo ainda a possibilidade de uma interpenetração entre estes fenómenos.

É frequente, após incêndios, verificarem-se deslocamentos de terra, de que resultam alterações de linhas de água, dificuldades de escoamento ou outras situações problemáticas cujas consequências não são devidamente avaliadas e cujos prejuizos não são imputados aos fogos que estão na sua origem.
Enviar um comentário