segunda-feira, junho 28, 2010

Emergência do INEM em risco no mês de Julho - 1ª parte

Image Hosted by Imageshack
Um helicóptero do INEM

Os enfermeiros que tripulam as ambulâncias de Suporte Imediato de Vida (SIV) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) ameaçam parar a partir do próximo mês de Julho, pondo em causa o socorro das populações, sobretudo as residentes em áreas mais remotas.

Apesar de novas promessas do Ministério da Saúde de abrir o concurso que permita aos 52 enfermeiros integrarem os quadros do INEM, estes recusam efectuar horas extraordinárias, essenciais para que o dispositivo actual funcione.

Actualmente, o INEM tem ao serviço um total de 103 enfermeiros, num quadro de 300, os quais prestaram em 2009 um total de 70.000 horas de trabalho extraordinário, no valor de 1.000.000 de euros, sendo que no presente ano este número já foi ultrapassado.

É de relembrar que já por diversas vezes o ministério da Saúde assegurou que iria abrir concursos que permitam aos enfermeiros uma carreira estável, sem os problemas inerentes a comissões de serviço temporárias e a eventuais dificuldades no regresso ao seu local de origem.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin