segunda-feira, março 14, 2011

Greve de transportadoras

Image Hosted by ImageShack
Camiões numa paralisação

As consequências de uma greve de transportadoras, sobretudo no actual quadro social, onde a conflitualidade e descontentamento têm aumentado, em conjugação com a actual crise, tem efeitos dificilmente previsíveis. podendo-se projectar para além do expectável.

Para além de consequências diversas, há factores de ordem prática que devem ser equacionados, dado que a distribuição por via terrestre pode levar a situações de ruptura de stocks, mesmo a faltas de combustível, devendo-se prevenir, de alguma forma e dentro do possível para este tipo de possibilidade.

Obviamente, não se sugere a prática de açambarcamentos ou armazenamento em excesso, mas tão somente uma atitude prudente, a qual passa pela aquisição de bens de primeira necessidade suficientes para alguns dias e encher o reservatório do carro e, caso seja possível, possuir alguma reserva, que pode ser um "jerry can" de 20 litros.

Algumas reservas, para além de conferirem tranquilidade, evitam a especulação, bem como a perda de tempo à procura de produtos que possam escassear durante o período de greve, sendo certo que entre o termos desta e a normalização dos abastecimentos existe sempre a demora de alguns dias, que poderão aumentar em zonas mais remotas.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin