quinta-feira, abril 28, 2011

Páscoa mais sangrenta na estrada desde 2005 - 1ª parte

Image Hosted by ImageShack
Um acidente de viação em Portugal

Durante a "Operação Páscoa", da responsabilidade da Guarda Nacional Republicana (GNR) e que visava garantir a segurança rodoviária nesta quadra Pascal, altura em que o tráfego aumenta substancialmente, contabilizaram-se 10 mortos, quando no ano passado apenas houve uma vítima mortal, sendo este o pior número desde 2005.

Também o número de feridos graves aumentou, para 33, enquanto o de feridos ligeiros, bem como o total de acidentes diminui, pelo que a gravidade dos mesmos, obviamente, aumentou, faltando ainda contabilizar os feridos graves que, eventualmente, percam a vida nos 30 dias após se verem envolvidos num acidente e se em consequência deste.

Mesmo reconhecendo que este fim de semana prolongado, com o feriado do 25 de Abril encostado, e antecedido de uma tolerância de ponto concedida aos funcionários públicos aumenta a extensão temporal, o número de vítimas aumentou de tal forma que exigem reflexão e adopção de medidas.

Naturalmente que cada acidente deve ser analizado por sí, sobretudo porque quando os números, independentemente da tragédia que envolvem, são pequenos, as coincidências acabam sempre por ter relevância, mas será também de observar a situação em termos de conjunto.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin