segunda-feira, outubro 17, 2011

Em teste, uma réplica do Land Rover Phone - 5ª parte

Image Hosted by ImageShack
O interior com os "slots" para SIM e micro SD

Aconselhamos a ter perto outro telemóvel do mesmo operador para ir revendo simultaneamente as configurações e proceder aos respectivos testes, sem o que todo o processo se torna extremamente fastidioso e passível de inúmeros erros.

Após completar estes dois perfís, na secção de "link" e "network count" na versão inglesa, é necessário atribuir cada um deles à sua função específica, após o que o telemóvel fica funcional, podendo ser utilizado de forma semelhante à de outros modelos com características semelhantes.

A primeira necessidade, com excepção daqueles que nunca possuiram um telemóvel ou por qualquer razão não pretendem migrar dados, é introduzir um conjunto de informações necessárias, como a lista de contactos ou mesmo alguma informação ou dados complementares.

O facto de não ter ligação a computador tem outros inconvenientes, como a impossibilidade de uma sincronização, pelo que o mais simples é usar um telemóvel com essa capacidade para gravar os contactos no cartão SIM antes de o introduzir neste modelo.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin