domingo, outubro 31, 2010

Depósito suplementar para Defender - 2ª parte

Image Hosted by Imageshack
Um comutador de depósitos de origem militar

A montagem é extremamente simples, incluindo três pontos de ligação aos arcos das rodas traseiras e à plataforma de carga, sendo, naturalmente, necessários os acessórios, como tubagens e ligações, o que, naturalmente, vai encarecer esta solução.

Também a instalação, que pode obedecer a diferentes critérios caso se pretenda que os depósitos funcionem em série, com passagem de combusível de um para outro, ou em paralelo, com um sistema de selecção, tal como acontecia nos modelos militares, irá encarecer a solução, sendo sempre de salientar que em veículos movidos a gasóleo, por não se dever entrar ar para o circuito, é necessário monitorar o nível de ambos os depósitos.

O preço especial para as unidades disponíveis é de pouco mais de centena e meia de Euros, a que acrescem portes para Portugal a partir de Inglaterra, valor que, sendo superior ao de uma capacidade equivalente em "jerry cans" militares, apresenta óbvias vantagens em termos práticos em relação a estes, embora sem os substituir integralmente.

Assim, a solução que sugerimos é a de usar um destes reservatórios, ou um modelo equivalente, bem como "jerry cans" de 20 litros para combustível e outro para água, devidamente acomodados em suportes apropriados, com este conjunto a permitir num modelo a gasóleo dispor de uma autonomia superior aos 1.000 km, o que será superior ao de qualque etapa de dimensão razoável.
Enviar um comentário
Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin